O PET-Agronomia é um dos 842 grupos do Programa de Educação Tutorial (PET) do Governo Federal. O grupo é formado por estudantes e um docente do curso de Engenharia Agronômica da Universidade Federal de São João del-Rei, Campus Sete Lagoas.

Universidade Federal de São João del-Rei
Rua Sétimo Moreira Martins, 188 - Bairro Itapoã
Sete Lagoas (MG)

O surgimento do conceito das PANC’s

14-06-2021 20:49

 

PANCS é a sigla para plantas alimentícias não convêncionais e  foi criado pelo botâico Valdelly Kinupp em 2004 em sua tese de doutorado, com o objetivo de acabar com preconceitos com plantas consideradas “daninhas” e também com plantas desvalorizadas.

De lá pra cá muitas pesquisas estáo sendo realizadas sobre o assunto.

O termo PANC é extremamente abrangente mas o critério para uma planta ser considerada uma panc é bem simples: Ser comestível, não ser cultivada em escala comercial, não ser consumida com frequência pela população num geral e não ser comercializada.

São plantas de grande valor ecológico, econômico e cultural, pois é de conhecimento geral que muitas pessoas atualmente não tem acesso à uma alimentação nutritiva e equilibrada. Além da rusticidade e fácil manejo dessas plantas.

São plantas encontradas facilemnete em diferentes ambientes e poucas pessoas sabem que podem ser consumidas, e por isso, são geralmente descartadas.

A rúcula que atualmente é muito consumida e cultivada, era considera até pouco tempo atrás como como uma erva daninha.

 

No Brasil, há uma biodiversidade enorme a ser pesquisada quando o assunto é Panc’s. Estima-se que tenhamos por aqui em torno de dez mil plantas com potencial para uso alimentício.

 

Fonte: https://blog.plantei.com.br/conhecendo-um-pouco-mais-sobre-pancs-as-plantas-alimenticias-nao-convencionais/