O PET-Agronomia é um dos 842 grupos do Programa de Educação Tutorial (PET) do Governo Federal. O grupo é formado por estudantes e um docente do curso de Engenharia Agronômica da Universidade Federal de São João del-Rei, Campus Sete Lagoas.

Universidade Federal de São João del-Rei
Rua Sétimo Moreira Martins, 188 - Bairro Itapoã
Sete Lagoas (MG)

Origem da Agricultura de Precisão

09-05-2022 18:28

A ideia de agricultura de precisão surgiu antes mesmo do período da Revolução Industrial como uma técnica de tratar a cultura em busca do seu melhor rendimento, levando em conta os aspectos de localização, fertilidade do solo, entre outros fatores.

Os fundamentos para a agricultura de precisão moderna, como conhecemos hoje, vem do início do século XX, porém somente na década de 1980, na Europa e nos EUA, com o desenvolvimento de microcomputadores, sensores e softwares é que a agricultura de precisão tornou-se viável para os produtores.

Agricultura de precisão no Brasil

Apesar da importância do Brasil no cenário agrícola, a agricultura de precisão brasileira ainda está em uma fase muito incipiente. Sua ampliação favorecerá o negócio agrícola nacional através da otimização dos investimentos de recursos na produção. Periodicamente, a Universidade de São Paulo (USP), por meio da Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" (Esalq) realiza simpósios de agricultura de precisão. Os eventos evidenciam a atual condição da agricultura de precisão no País e dão aos especialistas um rumo das metas futuras

Ferramentas

O uso de ferramentas adequadas da agricultura de precisão contribui para a diminuição de perdas na agricultura. Por meio de tais ferramentas de agricultura de precisão é possível obter dados provenientes da análise da propriedade subdividida em pequenas áreas (informações geográficas georreferenciadas), relativos a irrigação, propriedades físicas do solo, necessidade de aplicação de defensivos. Quanto mais subdividida a propriedade rural, mais útil será a informação georreferenciada. O controle das variáveis que influenciam o cultivo depende do maior detalhamento das informações.

  • GPS

O GPS é um equipamento que associa dados de latitude e longitude às subdivisões da propriedade agrícola. A informação do local exato viabiliza a intervenção gerencial necessária para sanar determinado problema. O equipamento possibilita à agricultura de precisão uma alta eficácia. A utilização do GPS tende a aumentar graças aos seus benefícios. O custo do equipamento varia conforme o modelo.

  • GIS

São softwares que manuseiam dados geográficos e estão disponíveis no mercado em diferentes níveis de capacidade - desde simples mostradores de mapas até integradores de informações de diferentes bases de dados. Todos os modelos decodificam informações geográficas em gráficos.

  • Sistema de mapeamento de colheita

Utilizado para gerar informações sobre produtividade, o sistema armazena dados mapeados durante a colheita. 

  • Técnica de taxas variáveis

A análise dos dados apurados através dos mapas de produtividade permite que o agricultor regule a aplicação de adubos, sementes e corretivos, conforme a necessidade do solo. Também é possível adotar dados levantados por sensores que dispensam o georreferenciamento, mas incluem sistemas de análise da informação e comando, em tempo real, para cada local adentrado.

  • Sensores remotos

Esta técnica utiliza aviões e satélites para levantar dados. É um recurso valioso para a agricultura de precisão, mas que ainda precisa ser melhorado para fornecer dados mais precisos.

  • Sensores de solo

Eles fornecem dados de composição do solo, nitrogênio, compactação e salinidade. Como o pH e a quantidade de fósforo e potássio, esses fatores não podem ser apurados por sensores remotos.

  • Agricultura de precisão e empregos rurais

Apesar das discussões sobre o aumento do desemprego nas propriedades agrícolas como resultado da modernização das lavouras, a agricultura de precisão vislumbra para um farto mercado de manuseio e manutenção de equipamentos, desenvolvimento de novos produtos e ampliação do mercado já existente. Entretanto, essa nova estrutura demandará profissionais especializados.