O PET-Agronomia é um dos 842 grupos do Programa de Educação Tutorial (PET) do Governo Federal. O grupo é formado por estudantes e um docente do curso de Engenharia Agronômica da Universidade Federal de São João del-Rei, Campus Sete Lagoas.

Universidade Federal de São João del-Rei
Rua Sétimo Moreira Martins, 188 - Bairro Itapoã
Sete Lagoas (MG)

Origem da Taioba

28-03-2022 18:12

 

     A taioba é uma planta tropical que pode ser considerada uma verdura, pois ela é  comestível e o modo de preparo é semelhante ao de outros vegetais, como a couve, por exemplo.

 

      Ela é composta de muitos nutrientes e minerais, sendo uma excelente aliada para os cuidados com a saúde, especialmente por causa da grande quantidade de vitamina A presente em sua composição.

 

      A taioba é originária da América Central, porém já era cultivada há milhares de anos na China e no Egito. Suas folhas parecem com as folhas da couve, porém um pouco mais largas e mais vistosas.

    Ela também é conhecida como: orelha-de-elefante, macabo, mangarás, mangará-mirim, mangareto, mangarito, taiá e yutia. Seu nome científico é Xantosoma sagittifolium e ela pertence à família das Aráceas, sendo facilmente cultivada em regiões de clima quente e úmido.

    Uma informação cuidadosa sobre essa família de planta é que nem toda espécie dela encontrada é comestível. A taioba-brava, cujo nome científico é Colocasia antiquorum schott, não é indicada para o consumo humano pois possui oxalato de cálcio, uma substância que pode causar asfixia, ardor na garganta e na boca. Por isso, recomenda-se apenas o consumo da taioba-mansa fervida em água.

 

Benefícios do uso: 

 

  • Reduz o risco de doenças crônicas: a ingestão de vegetais em nossa alimentação diária reduz o risco de doenças crônicas não transmissíveis devido à presença de fibras alimentares e compostos bioativos que fortalecem a nossa imunidade, nos tornando mais resistentes a determinadas doenças.

  • Rica em vitaminas e minerais: é dotada de vitaminas A, B e C, bem como ferro, cálcio e potássio, que em conjunto são verdadeiros aliados no combate de muitos problemas de saúde.

  • Fortalece o sistema imunológico: devido à presença da vitamina C que fortalece as defesas do corpo, protegendo-o contra doenças.

  • Combate a anemia: contém ferro que é extremamente necessário para combater esse problema. Pessoas que são diagnosticadas com anemia geralmente recebem orientações de consumir mais feijão e beterraba, por exemplo, mas o consumo de suco verde feito com folhas de taioba todas as manhãs, poderá potencializar o tratamento e ser bastante eficaz nesse controle.

  • Combate o envelhecimento precoce: devido à presença da vitamina A e carotenóides que atuam também na saúde da pele com a produção de colágeno.

  • Previne câimbras: que são causadas pela baixa de potássio no organismo e, como a taioba possui potássio em sua composição, as câimbras são minimizadas com o seu consumo.

  • Controle da pressão arterial: feito também pelo potássio que irá reverter o papel do sódio em desequilíbrio no organismo. O potássio tem propriedades vasodilatadoras que funcionam para aliviar a tensão dos vasos sanguíneos, controlando a pressão arterial.

  • Antioxidante natural: devido à vitamina A e carotenóides que ajudam a combater os radicais livres do corpo, prevenindo contra doenças crônicas e degenerativas.

  • Saúde dos ossos: é uma excelente fonte de fósforo e cálcio, minerais essenciais na manutenção dos ossos, fortalecendo-os e ajudando a prevenir fraturas e lesões.

  • Previne osteoporose: pelo mesmo motivo do item anterior, sendo mais importante ainda seu consumo pelos idosos que sofrem mais com esse problema devido à perda de cálcio no decorrer da vida.

  • Saúde dos olhos: garantida pela riqueza de vitamina A presente na taioba, prevenindo problemas como cegueira noturna, catarata e até mesmo dores de cabeça devido à problemas na visão.

  • Previne a prisão de ventre: devido à grande quantidade de fibras que ajudam na digestão e no transporte do alimento pelo intestino, facilitando também a evacuação.

 

 

http://www.ecofuturo.org.br/blog/conheca-a-taioba-especie-nutritiva-e-saborosa-da-mata-atlantica/

https://www.greenme.com.br/alimentar-se/alimentacao/67816-taioba-como-identificar-e-por-que-e-importante-para-a-saude/