O PET-Agronomia é um dos 842 grupos do Programa de Educação Tutorial (PET) do Governo Federal. O grupo é formado por estudantes e um docente do curso de Engenharia Agronômica da Universidade Federal de São João del-Rei, Campus Sete Lagoas.

Universidade Federal de São João del-Rei
Rua Sétimo Moreira Martins, 188 - Bairro Itapoã
Sete Lagoas (MG)

 

 

HISTÓRIA DO GRUPO PET AGRONOMIA UFSJ      

 

           O PET Agronomia foi criado em dezembro de 2010 pelo tutor José Carlos Moraes Rufini, Doutor em Fruticultura, do curso de Engenharia Agronômica do campus Sete Lagoas, da Universidade Federal de São João Del Rei (UFSJ). O grupo iniciou com a participação de 6 petianos selecionados por edital específico. Os petianos ingressantes desenvolveram, entre outras atividades, o desenvolvimento do projeto social junto ao Projeto Local de Envolvimento Comunitário (PLEC), onde desempenharam diversas atividades como organização da biblioteca local, aulas de capacitação em informática, conhecimentos ambientais, música, entre outras. O trabalho desenvolvido teve como resultado uma menção honrosa apresentada na Semana de Extensão Universitária da UFSJ em 2011. Neste ano, o grupo participou do I InterPET em São João Del Rei.

            No ano de 2012 o grupo foi ampliado, com a entrada de 4 novos petianos. Esteve presente no UAIPET em Diamantina/MG, SudestePET em Vitória/ES e ENAPET em São Luis/MA. Neste ano, o PET Agronomia aprovou um projeto na FAPEMIG, que abrange os pilares do ensino, pesquisa e extensão. O projeto envolve a parceria com produtores de aceroleiras da região de Jequitibá/MG e com c

omunidades rurais de Fortuna de Minas/MG onde mantem a produção de polpa congelada destinada ao Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). Os resultados iniciais permitiram ao grupo a publicação de 11 resumos expandidos e participação no Congresso Brasileiro de Fruticultura em Bento Gonçalves/RS Ainda neste ano o grupo participou do InterPet no Campus de Ouro Branco. Houve também,uma visita ao Jardim Botânico em Belo Horizonte, MG; do qual abriu uma possível parceria tanto para estágio, quanto para possíveis projetos de pesquisa.

            Em 2013 houve nova ampliação do grupo, integralizando 12 bolsistas. Estes, deram continuidade ao projeto das aceroleiras, realizando novas análises. Neste ano, o InterPet foi realizado no campus de Divinópolis/MG, SudestePet em Ilha Solteira/SP  o EnaPet em Recife/PE. Todos com participação de petianos.

            A partir da integralização do PET Agronomia a renovação do grupo ocorre mediante a seleção realizada por edital, em função de demandas de vagas em decorrência da formatura de petianos ou de novos horizontes almejados como por exemplo o Programa Ciências Sem Fronteiras. Notadamente,  os petianos desenvolvem atividades de pesquisa, ensino e extensão e têm participação efetiva no planejamento e relatórios anuais .