O PET-Agronomia é um dos 842 grupos do Programa de Educação Tutorial (PET) do Governo Federal. O grupo é formado por estudantes e um docente do curso de Engenharia Agronômica da Universidade Federal de São João del-Rei, Campus Sete Lagoas.

Universidade Federal de São João del-Rei
Rua Sétimo Moreira Martins, 188 - Bairro Itapoã
Sete Lagoas (MG)

História da maçã

28-06-2021 14:43


A maçã, além do seu grande consumo in natura, é utilizada para diversos tipos de processamentos que dão origem à doces, geleias, compotas, bebidas e vinagre. O suco, para a indústria, é considerado um dos principais produtos. 

A macieira (Malus domestica Borkh) pertence à família Rosaceae. com tronco de casca parda, lisa e copa arredondada que chega a 10 m de altura e, é um dos frutos mais cultivados no mundo. 

Sua origem se deu na Europa e na Ásia e muitos acreditam ser uma das primeiras árvores frutíferas cultivadas pela humanidade. Há relatos do seu consumo e da sua simbologia em diversos e importantes períodos históricos. 

  Sua exploração comercial moderna no Brasil iniciou na década de 1960, em Santa Catarina. Em poucos anos a maçã se transformou em produto de intensa comercialização no país. O principal mercado consumidor é São Paulo, onde a maior oferta do produto nacional ocorre em fevereiro. Nesse estado, da perspectiva do consumidor, os preços começam a cair em dezembro e ficam baixos até junho. Voltam a subir em setembro, atingindo o máximo em outubro.

O Brasil tornou-se um grande produtor de maçãs desde a metade dos anos 70, sendo os principais estados responsáveis por grande quantidade da produção: Santa Catarina, Rio Grande do Sul, São Paulo e Paraná.


Fonte: https://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/artigos/o-cultivo-e-o-mercado-da-maca,ea7a9e665b182410VgnVCM100000b272010aRCRD