O PET-Agronomia é um dos 842 grupos do Programa de Educação Tutorial (PET) do Governo Federal. O grupo é formado por estudantes e um docente do curso de Engenharia Agronômica da Universidade Federal de São João del-Rei, Campus Sete Lagoas.

Universidade Federal de São João del-Rei
Rua Sétimo Moreira Martins, 188 - Bairro Itapoã
Sete Lagoas (MG)

MAPEAMENTO DO USO DA ÁGUA E DO SOLO APLICADO NA DETERMINAÇÃO DA ÁREA MÁXIMA PARA PLANTIO DE CENOURA E TRIGO IRRIGADOS NO RIO ABAETÉ (MG)

25-11-2020 19:20

Autores: Reynaldo Furtado Faria Filho, Samuel Petraccone Caixeta, Washington Luiz Assunção


RESUMO
 

O mapeamento da água e do solo se torna cada vez mais importante à medida que a população mundial aumenta. Entretanto, estes mapeamentos requerem a integração de muitas informações sendo necessária a utilização dos sistemas de informação geográfica (SIG) para facilitar e possibilitar o desenvolvimento dos mesmos. Portanto, objetivou-se realizar o mapeamento e a quantificação do uso da água e do solo na cabeceira do rio Abaeté com auxílio do SIG. Determinou-se a área máxima possível para plantio de cenoura e trigo, no período de abril a julho de 2012, em função da vazão máxima possível de ser outorgada. O mapa de uso do solo foi gerado a partir da imagem do Google de 14/09/2005.
A demanda de água de cada cultura foi determinada pela evapotranspiração da cultura (ETc) e a oferta de água por meio da precipitação. Foram identificados os seguintes usos atuais do solo: café, terra preparada, soja, mata, eucalipto, cenoura, milho, milheto, pastagem, construção, rodovia e área de preservação permanente (APP). Foram encontrados 7 poços no qual são retirados, aproximadamente, 2.263 L h-1 de água e 10 captações em rios e nascentes totalizando 357.570 L h-1. Os usos da água identificados foram a irrigação, dessedentação animal, abastecimento humano, lavadores de cenoura e máquinas agrícolas. Verificou-se que para o período de abril a julho, é possível cultivar 322,69 ha de cenoura irrigada e ou 351,56 ha de trigo irrigado, o que representa 18 % e 20 %, respectivamente, da área total possível de ser cultivada na área estudada.


Palavras-chave: imagens Google, outorga, SIG.

 

para ler mais, vá em: http://inovagri.org.br/revista/index.php/rbai/article/view/262/pdf_198