O PET-Agronomia é um dos 842 grupos do Programa de Educação Tutorial (PET) do Governo Federal. O grupo é formado por estudantes e um docente do curso de Engenharia Agronômica da Universidade Federal de São João del-Rei, Campus Sete Lagoas.

Universidade Federal de São João del-Rei
Rua Sétimo Moreira Martins, 188 - Bairro Itapoã
Sete Lagoas (MG)

Resistência do sorgo bioenergético a Diatraea saccharalis (Lepidoptera: Crambidae)

01-06-2022 16:34

autores:

Otávio Gabriel Araújo

Universidade Federal de Lavras

Simone Martins Mendes

Embrapa Milho e Sorgo

Michelle Vilella

Embrapa Milho e Sorgo

Luis Cláudio Paterno Silveira

Universidade Federal de Lavras

Maria Lúcia Ferreira Simeone

Embrapa Milho e Sorgo

Marcus Antonio Matiello Fadini

Universidade Federal de São João Del Rei

Rafael Augusto da Costa Parrella

Embrapa Milho e Sorgo

Este estudo avaliou os efeitos da broca da cana-de-açúcar Diatraea saccharalis(Fabricius, 1794) (Lepidoptera: Crambidae) em cultivares de sorgo doce e biomassa para seleção de cultivares resistentes. O presente trabalho consistiu em dois ensaios, com infestação natural de pragas. Na primeira, 10 cultivares de sorgo sacarino foram analisadas para as seguintes variáveis: altura da planta, número de entrenós sadios e danificados, posição e tamanho da galeria, nível de infestação do colmo e teor de sólidos solúveis (°Brix). No segundo ensaio, foram analisados ​​16 genótipos de sorgo de alta biomassa, com as mesmas variáveis ​​citadas acima, além dos teores de lignina, celulose e hemicelulose. Dentre os genótipos de sorgo sacarino avaliados, o genótipo CMSXS647 se destacou devido às características: altura da planta, nível de infestação, tamanho da galeria e teor de sólidos solúveis. Entre os genótipos de sorgo avaliados, CMSXS7030, CMSXS7012 e CMSXS7028 apresentaram características ideais para nível de infestação, altura de planta e número de compostos lignocelulósicos. Tais informações, além de subsidiar o programa de melhoramento bioenergético do sorgo, auxiliarão no manejo integrado de pragas para o cultivo do sorgo.


Leia mais em: https://seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/41770